Alimentação

Café e chá podem proteger seu fígado

AFP-Relaxnews
20/08/2013 18:44
Thumbnail

Um novo estudo descobriu que aquele seu cafézinho ou chá da manhã pode proteger seu fígado dos riscos de doenças relacioandas ao órgão | discpicture/shutterstock.com

Aquele copo de café ou xícara de chá que você costuma tomar pelas manhãs fazem mais do que ajudar a despertar. Um novo estudo descobriu que as bebidas com cafeína protegem seu fígado de doenças.
Em um estudo anunciado na semana passada, uma equipe internacional de pesquisadores liderada pela Duke University School of Medicine, na Carolina do Norte, sugere que o aumento da ingestão de cafeína pode reduzir a gordura no fígado em pessoas com doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA na sigla em inglês).
Em todo o mundo, 70% das pessoas diagnosticadas com diabetes e obesidade têm DHGNA, a principal causa de esteatose hepática que não é causada pelo consumo excessivo de álcool, disseram os pesquisadores. Atualmente, não existem tratamentos eficazes para a DHGNA, exceto dieta e exercícios físicos.
Usando células e ratos de laboratório, o pesquisador principal Paulo Franco e sua equipe descobriram que a cafeína estimula a metabolização de lipídios armazenados nas células do fígado e diminuiu o chamado "fígado gordo" de ratos que foram alimentados com uma dieta rica em gordura.
De acordo com os resultados, os pesquisadores disseram que o consumo de cafeína equivalente a quatro xícaras de café ou de chá por dia pode ser benéfico na prevenção e proteção contra a progressão da DHGNA em seres humanos.
Os resultados aparecem online e serão publicado na edição de setembro do periódico Hepatology.
"Este é o primeiro estudo detalhado do mecanismo de ação da cafeína sobre os lipídios no fígado e os resultados são muito interessantes", disse Yen. "Café e chá são tão comumente consumidos e a noção de que eles podem ser terapêuticos, especialmente porque têm uma reputação de fazerem ‘mau' à saúde, é especialmente esclarecedora."
Pesquisas anteriores já associaram a cafeína com a diminuição do risco de doença hepática e redução de fibrose em pacientes com doença hepática crônica. Em 2012, um estudo à parte publicado no mesmo periódico descobriu que beber café reduz o risco de fibrose avançada nas pessoas com DHGNA.

Enquete

Como você escolhe a alimentação do seu pet?

Newsletter

Receba um resumo dos nossos conteúdos no seu e-mail!